De admin A Terça-feira, Maio 27 th, 2014 · 8.148 Comments · Em

A criação e a vida da Associação Empresarial do concelho de Rio Maior, passou por diversas fases até chegar aos nossos dias tal como a conhecemos. O resumo da sua história, já longa, é caracterizada pelos seguintes factos:

– Por alvará de 20 de Março de 1943, assinado pelo Exmo. Senhor Sub-Secretário de Estado das Corporações e Previdência Social, foram aprovados os Estatutos da constituição do Grémio do Comércio do Concelho de Rio Maior;

– Em Assembleia Geral de 8 de Janeiro de 1945 foram eleitos os corpos gerentes sendo o primeiro Presidente da Direcção o Senhor Fernando Casimiro Pereira de Silva.

– Não tendo instalações próprias, o Grémio iniciou a sua actividade, instalado numa casa arrendada, cujas condições eram bastante precárias, o que obrigou desde o início a pensarem na construção de uma sede própria.

– Passados 14 anos, ou seja, em 15 de Abril de 1959, por escritura de compra e venda, certificada pelo Cartório Notarial de Rio Maior, na pessoa do Sr. Dr. João Afonso Calado da Maia, o Grémio do Comércio do Concelho de Rio Maior, adquiriu nesta data o terreno para construção da sua sede.

– A 19 de Maio de 1963, 4 anos depois da aquisição do referido terreno, o Grémio do Comércio inaugurou o “edifício sede” que teve a presença do Exmo. Senhor Professor Dr. Gonçalves de Proença, Ministro das Corporações e Previdência Social.

– Aquando do 25 de Abril de 1974, que provocou algumas alterações na vida da Nação, o Grémio do Comércio, encerrou a sua actividade, por algum tempo.

– Por Estatutos aprovados em 13 de Fevereiro de 1978 é constituída a Associação dos Comerciantes do Concelho de Rio Maior, registados no Ministério do Trabalho nos termos do artigo 7º do Decreto-Lei nº 215-C/75 de 30 de Abril, e publicados no Boletim do Trabalho e Emprego I Série nº 43 de 22/11/78.

– Dado o seu desenvolvimento e a necessidade de haver uma instituição que representasse a indústria do Concelho, foi decidido em Assembleia Geral de 4 de Maio de 1984, a alteração do nome para Associação Comercial e Industrial de Rio Maior, designada também por ACIRM, registada no Ministério do Emprego e Segurança Social em 6 de Dezembro de 1988 nos termos do artigo 11º do Decreto-Lei nº 215-C/75 de 30 de Abril sob o nº 40/88 a fl. 7 Vº do Livro nº 1 e publicado no Boletim do Trabalho e Emprego III Série nº 24 de 30/12/88.

– Ao entrarmos no século XXI, e com a integração de Portugal na U.E. e a inevitável Globalização Económica, ficamos perante novos desafios, pelo que se tornou necessário reestruturar, unir e dinamizar o movimento associativo. Assim, e para acompanhar o progresso e o desenvolvimento, decidiu a Direcção apresentar em Assembleia Geral Extraordinária de 18/03/2000, uma Proposta de Alteração dos Estatutos que foi aprovada por unanimidade e aclamação, registados no Ministério do Trabalho e da Solidariedade em 8 de Maio de 2000, ao abrigo do artigo 11º do Decreto-Lei nº 215-C/75 de 30 de Abril, sob o nº 45, a fl. 37 do livro nº 1 e publicado no Boletim do Trabalho e Emprego I Série, nº 19 de 22/05/2000.

Os Estatutos têm como alterações mais significativas:

– A mudança de nome (para Associação Empresarial do Concelho de Rio Maior);

– A qualidade dos Associados, passando a haver três categorias de Sócios: Efectivos, Auxiliares e Honorários;

– A introdução nos Órgãos Sociais, do Conselho de Presidentes e a composição do Órgão Direcção podendo haver 5 ou 7 elementos incluindo ambos um ou dois suplentes.