De admin A Quarta-feira, Maio 28 th, 2014 · 5.167 Comments · Em
A Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) do Instituto Politécnico de Santarém (IPS), criada em 5 de dezembro de 1997, e entrou em funcionamento em setembro de 1998. Integrada no subsistema do ensino superior politécnico público, é uma instituição vocacionada para a FORMAÇÃO ESPECIALIZADA EM DESPORTO, PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM DESPORTO, E PARA A INVESTIGAÇÃO APLICADA EM CIÊNCIAS DO DESPORTO.
O Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior veio reestruturar o ensino superior politécnico em geral e o IPS em particular, bem como as suas unidades orgânicas. Quer o IPS quer a ESDRM e as outras Escolas, apresentaram novos estatutos, dos quais decorreram novos órgãos e unidades funcionais, bem como a perda da autonomia financeira e a reestruturação das competências. No exercício da sua autonomia científica e pedagógica, é nesse quadro que a ESDRM está a desenvolver o mandato 2011-2015, que se iniciou em março de 2011.
A ESDRM cresceu em número de ESTUDANTES, de 51 em 1998, passou a 766 no presente ano letivo (2013-2014), no que se refere aos 1.º e 2.º ciclos e CET. A ESDRM aumentou o número de CURSOS conferentes de grau, de dois em 1998, passou a dez curso em funcionamento: um CET, seis licenciaturas e três mestrado). Os dados referentes ao grau de empregabilidade das licenciaturas, demonstram bem a aceitação e adequação dos cursos ao mercado de trabalho. Paralelamente, em cada ano letivo a ESDRM apresenta um conjunto de ações de formação contínua e alguns cursos de pós-graduação não conferentes de grau. Pretendemos diversificar a oferta formativa (inicial, avançada, não-conferente de grau e contínua, quer presencial quer em regime de e-learning). Pretendemos criar condições para o desenvolvimento do empreendedorismo e inserção no mercado de trabalho. Continuaremos a apoiar a mobilidade internacional de estudantes e docentes. Pretendemos promover a internacionalização da oferta formativa. OBJETIVAMOS A MELHORIA CONTÍNUA, A SISTEMATIZAÇÃO DA AVALIAÇÃO DOS CURSOS E A QUALIDADE DE TODOS OS NÍVEIS DE FORMAÇÃO DA ESDRM.
O potencial dos recursos humanos, constituído por pessoal docente e não-docente dinâmico e bem qualificado (cerca de 100), são a base da estrutura orientada para o serviço público, no que concerne à formação superior e investigação na área das Ciências do Desporto. A melhoria das qualificações dos seus docentes (e não-docentes) tem crescido exponencialmente, bem como o seu contributo para as ciências do desporto. OBJETIVAMOS O AUMENTO SIGNIFICATIVO DE DOCENTES COM O GRAU DE DOUTOR E COM O TÍTULO DE ESPECIALISTA, BEM COMO A FORMAÇÃO SUPERIOR DOS FUNCIONÁRIOS NÃO-DOCENTES.
No contexto dos projetos de investigação e desenvolvimento em ciências do desporto, torna-se fundamental proporcionar as condições para o apetrechamento do Laboratório de Investigação em Desporto e para o desenvolvimento científico dos docentes e estudantes. Incentivaremos e apoiaremos o aumento das publicações científicas, a elaboração de projetos, o envolvimento de estudantes e a afiliação em centros de investigação reconhecidos pela FCT. Incentivaremos o estabelecimento de parcerias em cursos de 3.º ciclo (nomeadamente em cursos de doutoramento em ciências do desporto, cuja acreditação nos está vedada legalmente, embora o número de doutorados desta Escola seja igual ou superior a várias universidades que actuam no contexto das Ciências do Desporto). OBJETIVAMOS O APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA INVESTIGAÇÃO APLICADA EM CIÊNCIAS DO DESPORTO.
Incentivaremos e pretendemos criar condições para aumentar a ligação à comunidade, através do estabelecimento de parcerias e protocolos de cooperação que objetivem a realização de estágios curriculares (integrados em todos os cursos), projectos I&D, programas de atividade física para idosos e jovens (e outras populações), e prestação de serviços no contexto do Desporto, particularmente no que se refere às áreas da gestão do desporto, e dos métodos de avaliação e controlo do treino de diversas modalidades desportivas. OBJETIVAMOS O AUMENTO DOS PROJETOS DE LIGAÇÃO À COMUNIDADE, BEM COMO A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO CONTEXTO DO DESPORTO.
A mudança para as INSTALAÇÕES PRÓPRIAS da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, em 18 de fevereiro de 2013, foi um marco importante na afirmação e desenvolvimento da instituição. Decorrido um ano, as instalações próprias da ESDRM estão muito bem equipadas, permitindo a criação de ótimas condições de trabalho, e a sua rentabilização. Pretendemos ainda criar condições para o lançamento do concurso para construção da residência de estudantes.
A conjuntura atual do País, obriga a opções difíceis, pela exiguidade do orçamento disponível e necessidade de medidas de contenção. Não obstante a conjuntura socioeconómica atual se apresentar como séria ameaça ao desenvolvimento de tudo e de todos, será com base na QUALIDADE (porque queremos formar os melhores profissionais do desporto), na INOVAÇÃO (porque é um fator de desenvolvimento do desporto e das ciências do desporto), e no MÉRITO (porque é um fator de desenvolvimento das pessoas), que se promoverá o potencial da ESDRM. Este potencial assenta, nos recursos humanos, nos recursos materiais e ambientais, na sustentabilidade da oferta formativa, no potencial da investigação e transferência de conhecimento, e particularmente, na confiança e empenho dos funcionários e dos estudantes. Este potencial assenta também no contexto social da CIDADE DE RIO MAIOR, cuja aposta no desporto veio criar um ambiente privilegiado ao desenvolvimento desta Escola e à integração dos estudantes. É neste contexto que desenvolvemos as funções de direção, numa perspetiva de melhoria contínua da nossa intervenção na gestão e na prossecução das linhas de ação apresentadas no plano estratégico aprovado em Assembleia de Escola.
A Diretora da Escola Superior de Desporto de Rio Maior,
Rita Santos Rocha